o que é ti

O que é TI – Tecnologia da Informação?

Vivemos na era da informação. Quase todas as atividades que realizamos, de forma direta ou indireta, são auxiliadas pelo uso de computadores, redes para transmissão de dados, softwares — enfim, um vasto aparato tecnológico que agiliza nosso trabalho, facilita atividades cotidianas e nos aproxima das pessoas. Entretanto, poucos realmente sabem o que é TI.

Neste artigo, vamos mostrar os principais conceitos relacionados à tecnologia da informação, sua importância em nossa sociedade e os avanços recentes da área.

Boa leitura!

O que é TI?

A Informação é construída por dados organizados de forma lógica e inteligível por seres humanos. Eles descrevem eventos, objetos e acontecimentos. Sua aquisição, análise e comunicação levam à produção de conhecimento, geração de valor e tomadas de decisão.

Tecnologia de informação (ou simplesmente TI) é um conjunto de tecnologias utilizadas para o processamento e armazenamento de dados e comunicação entre pessoas e organizações. Com o uso de computadores, softwares, redes, internet e o envolvimento de profissionais especializados, a TI tem como objetivo fazer com que essa atividades sejam elaboradas de forma cada vez mais rápida, inteligente e segura.

Resumindo: Tecnologia da Informação (ou simplesmente TI), pode ser definida como todas as atividades e soluções desempenhadas por recursos computacionais.

 

Tecnologias para processamento de informação

As tecnologias modernas que utilizamos para processamento de informações são formadas por sistemas computacionais compostos por:

Hardware

Dispositivos e infraestrutura que permitem o armazenamento, processamento e transmissão de dados na forma de bits, como computadores, terminais, celulares, redes, cabos coaxiais e equipamentos de radiofrequência.

Software

Programas que permitem o funcionamento desses dispositivos e a interação entre eles e seres humanos a partir de uma interface. Em nosso dia a dia temos contato com diversos tipos de softwares, como sistemas operacionais (Windows, IOS, Linux e Android) e aplicações que rodam sobre eles — editores de texto, imagens, navegadores web, aplicativos de mensagem e redes sociais.

Armazenamento de dados

Empresas, instituições governamentais e ONGs processam grandes quantidades de informações de variados tipos. Para que sejam bem organizadas e tenham seu acesso facilitado, são utilizados bancos de dados.

Com essas ferramentas, pode-se estabelecer um relacionamento entre os dados e sua indexação, o que torna o acesso mais rápido além de facilitar os processos de análise.

ebook sobre tecnologia da informação

Gestão da informação

Uma vez armazenados, os dados se tornam um ativo de fundamental importância para a organização. Imagine uma instituição financeira. Saldos e histórico de transações financeiras definem praticamente todo o negócio da empresa. Quer outro exemplo? Uma instituição governamental como o IBGE, que pesquisa e gera o censo demográfico, registra a atividade econômica e outros indicadores sociais.

Informações como essas definem investimentos, políticas públicas e estão diretamente relacionadas à sobrevivência de pessoas e empresas, pois dão sustentação às atividades produtivas.

A gestão da informação envolve atividades relacionadas ao uso e persistência desses dados, como armazenamento local e em nuvem, políticas e regras de segurança e acesso à informação, gerenciamento de backups, categorização de dados e alinhamento entre TI e negócios.

Transmissão de dados

É a transferência de dados (como vídeos, imagens, textos e áudios), na forma de bits, entre dois ou mais dispositivos digitais. A transmissão de dados ocorre por meio de diversos meios, como cabos coaxiais, fibra ótica, satélite e SMS.

Tipos de transmissão de dados

Paralela: quando há o envio de  arquivos, formados por múltiplos bits, sincronizados por um relógio, são enviados simultaneamente em diferentes canais por meio de cabos ou sinais eletromagnéticos. Geralmente, a transmissão paralela é utilizada para envio de informações em curtas distâncias, como na rede interna de uma empresa. Tem um custo alto e é feito a distâncias limitadas.

Serial: envolve o envio de dados em sequência num mesmo canal, bit por bit. Embora seja mais lenta do que a paralela, tem um custo significativamente menor e é a mais utilizada para trafegar dados em longas distâncias.

Diferenças entre setor de TI e indústria de TI

Normalmente há certa confusão na mente das pessoas em relação ao que é tecnologia da informação. Temos dois conceitos importantes que devem ser diferenciados: a indústria da TI e o setor de TI.

A indústria de TI é toda a cadeia que envolve a produção de hardware, software e a pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias os tornarão mais ágeis e acessíveis.

Trata da criação e aperfeiçoamento de sistemas operacionais; softwares de uso pessoal e profissional; computadores; cabos de rede e equipamentos de radiofrequência para transmissão de dados sem fio; dispositivos móveis como celulares, tablets e outros que utilizamos em telecomunicações.

O setor de TI de uma empresa é o departamento designado para viabilizar o uso de tecnologias por parte de seus colaboradores. A TI (como normalmente é denominada a equipe) deve assegurar-se de que as atividades da empresa, com o uso das ferramentas tecnológicas adotadas, sejam realizadas e sustentadas com segurança e eficiência.

Profissionais que atuam em TI

Os profissionais que atuam em tecnologia da informação têm diversas responsabilidades e atuam tanto na inovação — criando novas aplicações e dispositivos — quanto no suporte ao uso dessas ferramentas. Assim, temos:

  • Desenvolvedores: criam e atualizam sistemas, firmwares de equipamentos e novos dispositivos.
  • Analistas de suporte: implementam na empresa as tecnologias que foram definidas para aplicação em seus negócios. Também ajudam funcionários e clientes a utilizá-las e atuam sempre que há uma falha nos sistemas ou em algum item da infraestrutura.
  • Analistas de documentação: escrevem como os sistemas funcionam, criam manuais, documentos que descrevem o funcionamento do software e help dos sistemas.
  • Analistas de sistemas: atuam na elaboração de requisitos funcionais e de negócios para o desenvolvimento de novos artefatos de software.
  • Designers: elaboram a interface de aplicativos e definem como vai ser realizada a interação entre indivíduos e máquina, de tal forma que seja compreensível.
  • Gerentes de TI: coordenam o uso e desenvolvimento de tecnologias e fazem a interação entre a área de negócios da empresa e a TI.

Novas tecnologias emergentes

Big Data e Data Analytics

Big Data Analytics se refere aos métodos de estudo de grandes volumes de dados. A própria tradução (aproximada) da palavra é bem explicativa: análise de grandes bases de dados. Esses dados são coletados de diversas fontes, incluindo mídias sociais, vídeos, imagens, registros de transações de vendas, entre outros.

O objetivo de analisar todos esses dados é de encontrar padrões e conexões “escondidas”, permitindo que se possa compreender cenários e predizer o comportamento de consumidores, variações no mercado e identificar oportunidades de inovação, oferecendo assim insights valiosos para a tomada de decisão.

Empresas que investem em Big Data Analytics normalmente ganham uma vantagem competitiva frente a seus concorrentes, visto que terá mais informações para elaborar estratégias de mercado.

Internet das coisas (IoT)

A Internet das Coisas (ou IoT – sigla de Internet of Things), é formada por tecnologias que permitem que quaisquer objetos possam ser conectados a internet: carros, eletrodomésticos, prateleiras de supermercado, entre outros. Essa conectividade permite que se possa atuar remotamente sobre estes objetos e adquirir informações para melhorar a sua própria qualidade e da prestação dos serviços nos quais são utilizados.

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial (ou AI – sigla de Artificial Intelligence) é a simulação dos processos de inteligência humana, por meio de máquinas, especialmente sistemas de computação. Esses processos incluem aprendizagem (aquisição de informação e regras para usar a informação), raciocínio lógico (usando as regras para chegar a conclusões definitivas ou aproximadas) e autocorreção.

Algumas aplicações da Inteligência Artificial incluem sistemas especialistas (programas que simulam o raciocínio de um profissional especialista em alguma área de conhecimento), reconhecimento de fala e reconhecimento visual.

Blockchain

Criada em 2008, o Blockchain começou a ganhar bastante popularidade nos últimos anos, principalmente pela explosão das criptomoedas (Bitcoin, Litecoin, Ethereum, etc.), sendo a tecnologia base por trás de suas operações. Por mais que essa seja a área mais utilizada, a tecnologia da Blockchain tem sido útil para inovações em diversas áreas, como autenticações de páginas na internet, validação de documentos e proteção de dados de modo geral.

Saiba mais sobre o Blockchain

Computação Quântica

Trata-se de uma grande mudança de paradigma na TI. Os computadores atuais armazenam os dados em bits que assumem apenas dois estados — 0 e 1, que representam os estados da informação. A computação quântica promete incorporar aos novos sistemas e computadores conceitos ligados a propriedades da matéria em nível subatômico, que são definidas por modelos estatísticos.

Assim, o bit quântico, ao invés de necessariamente ter um ou outro estado poderá apresentar dois simultaneamente. Esses avanços, em teoria, tornarão os computadores muito mais rápidos do que os mais modernos existentes atualmente.

 

Compreender o que é tecnologia da informação é um fator de sucesso para empresas e profissionais. A todo instante, novas tecnologias surgem e criam produtos, alteram processos produtivos e trazem modelos de negócio que modificam até mesmo o comportamento da sociedade.

Entender esse processo ajuda a estar na linha de frente e a não se acomodar diante de uma ilusória estabilidade. Permite enxergar no horizonte como as transformações tecnológicas vão impactar nossos negócios e, mais importante, nossas vidas.

Conteúdos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *